As organizações dentro de um contexto acirrado de competitividade, em que novos paradigmas trazem novos desafios, exigem novas estratégias e necessidades de alinhamento dos instrumentos de gestão organizacional. Um desses instrumentos é a gestão do seu plano de cargos e salários, adequando-o ao novo cenário da economia quanto ao nível da inflação anual sem perder a capacidade de atrair e reter bons profissionais. Questões como custo, orçamento, sustentabilidade, racionalização das estruturas funcionais (funções / cargos) e movimentações funcionais atreladas ao resultados organizacionais são elementos presentes para um gerenciamento eficaz e sustentável dos planos de cargos e salários com estruturas equilibradas e práticas, compatíveis e alinhadas a estratégia da empresa.

PORQUE IMPLANTAR - VANTAGENS

  • Garantir a competitividade frente ao mercado e segmento de atuação da empresa
  • Minimizar riscos trabalhistas com questões de isonomia salarial (art. 461 da CLT)
  • Possibilitar melhor controle dos custos com a folha de pagamento, atrelando a movimentação salarial ao resultado da empresa e desempenho das áreas - equipes
  • Estabelecer condições que assegurem a contratação de bons profissionais e a sua retenção no quadro de colaboradores da empresa

OBJETIVOS PRINCIPAIS A SEREM ALCANÇADOS COM A IMPLANTAÇÃO

  • Formalizar as atribuições e responsabilidades dos cargos existentes na estrutura
  • Determinar a importância dos cargos dentro da estrutura funcional e organizacional da empresa
  • Definir possibilidade de carreira nos cargos da estrutura
  • Estabelecer tabelas de classificação de cargos e respectivas faixas salariais
  • Estabelecer política, critérios e procedimentos que assegurem um tratamento igual nas movimentações funcionais e alterações na estrutura funcional

SISTEMAS UTILIZADOS

  • Sistema de Pontos
  • Escalonamento de cargos

EXECUÇÃO DO PROJETO

- Para cada etapa é estabelecido um conjunto de atividades com prazos de execução:

  • Etapa 1 - (Planejamento) - Estabelecimento e validação do cronograma de trabalho
  • Etapa 2 - Levantamento da estrutura de cargos e elaboração das descrições
  • Etapa 3 - Análise e especificações dos cargos
  • Etapa 4 - Avaliação dos cargos
  • Etapa 5 - Realização de pesquisa salarial
  • Etapa 6 - Análise das curvas salariais (empresa x mercado)
  • Etapa 7 - Montagem da tabela de cargos
  • Etapa 8 - Montagem da estrutura salarial
  • Etapa 9 - Elaboração da política (critérios e procedimentos)
  • Etapa 10 - Simulação dos enquadramentos - ajustes
  • Etapa 11 - Apresentação dos resultados e recomendações finais

PRODUTOS ENTREGUES AO CLIENTE

  • Descrição dos cargos - formalização das atribuições, responsabilidades e requisitos
  • Manuais de avaliação dos cargos
  • Estrutura com os cargos avaliados
  • Resultado da pesquisa salarial
  • Tabelas salariais e Tabelas de Cargos
  • Políticas com critérios e procedimentos para movimentações internas e manutenção do plano de cargos e salários